MRV.gif

Dentil/Praia Clube vence Paulo/Barueri fora de casa

Por Wilson Barbosa 14/03/2021 - Domingo - Março


Paulo/Barueri 2 x 3 Dentil/Praia Clube

(Foto: Célio Messias/Inovafoto/CBV)



Vitória do time de Uberlândia diante do São Paulo/Barueri neste domingo.


O Dentil/Praia Clube sofreu para comprovar o seu favoritismo na abertura dos playoffs de quartas de final da Superliga feminina de vôlei. Mesmo jogando fora de casa, vitória sobre o São Paulo/Barueri por 3 sets a 2, parciais de 25-19, 17-25, 25-14, 23-25 e 16-14, na manhã deste domingo.


Foi o quarto resultado positivo do time de Paulo Coco diante das Chiquititas na temporada, somando Superliga e Copa Brasil, o primeiro no tie-break. Se vencer o próximo, na quinta-feira, em Uberlândia, o Praia estará na semifinal da competição nacional. O Tricolor precisará encerrar o jejum contra as mineiras para forçar um terceiro e decisivo confronto.



Fernanda Garay foi eleita a melhor do duelo no Ginásio José Correa e levou o Troféu VivaVôlei, depois de anotar 22 pontos. Kisy fez 18 para as donas da casa.


O Praia jogou sem a holandesa Anne Buijs, diagnosticada com coronavírus e em isolamento. Michelle foi titular na ponta. Em compensação, a central Carol voltou a ser opção depois de se recuperar da doença. Não saiu jogando, mas foi utilizada por Paulo Coco em algumas passagens. No time paulista, o desfalque foi José Roberto Guimarães. Wagão foi o substituto.


O jogo foi marcado por muitas oscilações em ambos os lados, impedindo que o equilíbrio fosse visto nos três primeiros sets. Um time abriu de cara longa vantagem, se aproveitando dos erros do adversário, e pôde administrar no decorrer da parcial. Em certos momentos, a conhecida qualidade dos dois elencos foi substituída por erros individuais em todos os fundamentos.


O quarto set teve um panorama mais esperado. Os times ficaram iguais até o sétimo ponto. O São Paulo abriu quatros pontos de frente numa passagem de Karina pelo saque, com ajuda do desafio eletrônico da arbitragem. Utilizado somente em jogos em casa de Sada Cruzeiro, Minas e do próprio Praia, ele foi levado de Uberlândia para Barueri, com os custos pagos pelas donas da casa. A reação mineira foi quase imediata, com Carol bem no saque e Garay decisiva na virada de bola e na sequência com a inversão do 5-1, com Monique e Rosane. O empate aconteceu no 21-21 e depois, um erro de ataque de Brayelin Martinez decidiu a favor do Tricolor.


No tie-break, pesou no início o fator Fernanda Garay. Ela foi quase perfeita tanto no passe quanto na virada de bola. Com a ponteira dominando as ações, o Praia abriu três pontos. O guerreiro time tricolor não desistiu e, numa passagem de Dani Terra, virou o placar para 11-10, incluindo dois blocks em Garay. Os times seguiram trocando pontos até Michelle aproveitar um contra-ataque e fechar o jogo numa diagonal curta pela saída de rede.


Fonte: https://webvolei.com.br/

Últimas Notícias
Principais Assuntos