MRV.gif

Charles do Bronx vence com nocaute Michael Chandler e conquista cinturão dos leves

Por Wilson Barbosa 16/05/2021 - Domingo - Maio


Charles do Bronx exibe o cinturão conquistado após o nocaute sobre M. Chandler no UFC 262 (Foto: Reprodução/Instagram)



Brasileiro suporta castigo no primeiro round, se recupera e atropela norte-americano na luta principal do UFC 262.


A favela venceu! Em noite histórica para o Brasil, Charles do Bronx realizou o sonho e conquistou o cinturão dos leves (até 70,3kg.) da franquia. Na luta principal do UFC 262, realizado neste último sábado (15), em Houston (EUA) o brasileiro mostrou todo seu potencial, suportou um castigo no primeiro round e bateu Michael Chandler. Após um susto inicial, o paulista se recuperou e conquistou um nocaute brutal nos segundos iniciais do segundo assalto.


Favorito nas casas de apostas, Do Bronx fez confirmou a boa fase na carreira. Maior finalizador na história do Ultimate, o brasileiro abriu a caixa de ferramentas e, novamente, mostrou todo seu arsenal aos fãs e fez o público vibrar com mais uma performance devastadora.



Com a vitória, Charles coloca fim na ‘Era Khabib’ e ocupa o trono deixado pela lenda russa, que se aposentou no fim de 2020. Após mais de 10 anos de UFC, o brasileiro chega ao topo absoluto de uma das categorias mais perigosas da organização.


Lenda do Bellator, Michael Chandler chegou à disputa de título após uma estreia brilhante diante de Dan Hooker no UFC 257. Contra Do Bronx, no entanto, o norte-americano assustou, mas não pôde conter o ímpeto do paulista.


Após o confronto, Charles, emocionado, desabafou ao microfone. Ainda no octógono, o brasileiro comemorou a conquista histórica para o Brasil.


“Você sabe que eu mereceria essa oportunidade, e provar que você estava certo, que eu posso ser o melhor da categoria. Ei Dana, aposta em mim. Você trouxe um monstro do Bellator e eu disse que ia nocautear, e nocauteei. Eu disse para você que eu era um menino no meio dos leões, mas eu agora sou um leão no meio dos leões! Favela, a gente venceu de novo! Pode chorar, mas chora de alegria, que é nosso”, disse o paulista.

A luta

O confronto começou com Do Bronx desequilibrando Chandler com um chute baixo nos segundos iniciais. O brasileiro seguia mantendo o rival afastado com chutes. Michael conectou um cruzado limpo no rosto do brasileiro. Em desvantagem, Charles buscou a queda e quase foi surpreendido por uma guilhotina. Oliveira reverteu a posição e conseguiu chegar às costas do adversário. O norte-americano tentava se proteger, mas a vantagem era para o paulista. ‘Mochilado’ no norte-americano, Do Bronx buscava encontrar um espaço pra encaixar o mata-leão. Chandler conseguiu ‘explodir’ e ficou de pé. O brasileiro aceitou ficar de pé, mas acabou sendo surpreendido por uma sequência de socos aplicada pelo norte-americano. O paulista caiu e seguiu sendo atacado pelo oponente. Por cima, o norte-americano seguia castigando Charles, que se protegia como podia. Restando um minuto para o fim da etapa, o brasileiro tentava travar o confronto, mas Chandler seguia atacando com agressividade. O assalto acabou com vantagem para Michael.


Na segunda etapa, Do Bronx surpreendeu Chandler com uma combinação de socos fatal. Chandler sentiu os ataques do brasileiro e acabou caindo. Sem perder o bom momento, Do Bronx seguiu atacando e obrigou o árbitro a interromper a disputa.


Resultados do UFC 262


CARD PRINCIPAL


Peso leve: Charles Do Bronx derrotou Michael Chandler por nocaute técnico a 19seg. do R2 – Luta pelo cinturão


Peso leve: Beneil Dariush derrotou Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)


Peso galo: Rogério Bontorin derrotou Matt Schnell na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)


Peso mosca: Katlyn Chookagian derrotou Viviane Araújo na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)


Peso pena: Edson Barboza derrotou Shane Burgos por nocaute técnico 1m16s do R3

CARD PRELIMINAR


Peso médio: André Sergipano finalizou Ronaldo Jacaré com uma chave de braço a 3m59s do R1


Peso pena: Lando Vannata derrotou Mike Grundy na decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30, 30-27)


Peso médio: Jordan Wright derrotou Jamie Pickett por nocaute técnico a 1m04s do R1


Peso mosca: Andrea Lee finalizou Antonina Shevchenko com uma chave de braço a 4m52s do R2


Peso mosca: Priscila Pedrita derrotou Gina Mazany por nocaute técnico a 4m51s do R2


Peso pena: Tucker Lutz derrotou Kevin Aguilar na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)


Peso leve: Christos Giagos finalizou Sean Soriano com um triângulo de mão a 59s do R2


Fonte: https://www.superlutas.com.br/

Últimas Notícias
Principais Assuntos