MRV.gif

Webinar CBF Social debate Responsabilidade Social e anuncia renovação


Palestras sobre Responsabilidade Social do Futebol Brasileira em tempos de pandemia no Webinar CBF (Foto: Créditos Assessoria CBF)

Em tempos de dificuldade, é extremamente necessário ter Responsabilidade Social. E no futebol não é diferente. Desta forma, a quarta semana de debates do Webinar CBF Social tocou exatamente neste assunto. Nesta quarta-feira (3), representantes de clubes palestraram durante cerca de 4h e compartilharam seus conhecimentos e informações sobre o tema “Responsabilidade Social do Futebol Brasileiro em tempos de pandemia”. Além disso, uma surpresa marcou o seminário. Devido ao sucesso do projeto, o Webinar CBF Social foi estendido e contará com uma quinta edição.

O bate-papo, que contou com 2,2 mil visualizações ao todo, foi iniciado e mediado por Diogo Netto, Gerente de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da Confederação. A primeira parte do debate foi marcada pela participação e considerações iniciais do Secretário Geral da CBF, Walter Feldman. O representante agradeceu à presença ilustre de todos os participantes – com destaque para a Ministra Damares Regina Alves, que representou o Governo Federal durante as palestras.

No primeiro momento, foram apresentados projetos sociais dos quais a CBF é parceiro direto. Dentre eles, o primeiro a ser abordado foi o Voluntário Verde e Amarelo – uma iniciativa conjunta da Transforma Brasil e da Confederação Brasileira de Futebol, que tem como intuito unir a paixão pelo futebol e realizar boas ações com a ajuda e intermédio dos clubes.

Fábio Silva, representante do projeto, explicou, juntamente com outros funcionários, a importância e funcionalidade da iniciativa. O Transforma Brasil tem como objetivo aumentar a porcentagem de brasileiros que pratica trabalho voluntário – que hoje é de apenas 4,3%. Com a ajuda dos clubes e impulsionado pela paixão que envolve o esporte, a iniciativa pretende alavancar suas metas.

O segundo projeto social discutido foi o Integra Brasil, introduzido pela representante do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Regina Alves. A ministra salientou a importância de se combater a violência doméstica contra mulheres, idosos e crianças. De acordo com a representante do Governo, a parceria do Integra Brasil com a CBF é fundamental para ampliar os canais de denúncia e diminuir os índices de violência no período de pandemia.

Além de Damares, Ronaldo Lima também palestrou e detalhou o projeto. Segundo o representante, os objetivos da iniciativa são: promover os direitos humanos, promover os valores esportivos, prevenir o uso de drogas ilícitas e abraçar as regiões de vulnerabilidade social.

Após a apresentação dos projetos, foi a vez dos clubes. Representantes de Internacional, Flamengo, Corinthians, Paysandu, Santos, Athletico Paranaense, Grêmio, Vasco, Avaí e Cruzeiro debateram e expuseram as ações sociais desempenhadas por suas respectivas instituições no combate ao COVID-19 em tempos de pandemia.

Gerentes, diretores e até mesmo presidentes das equipes compartilharam as medidas que os clubes vêm desempenhando durante o período de isolamento social. Dentre as iniciativas, destacam-se: venda de produtos com lucro destinado para o combate do coronavírus, ações de marketing social com os jogadores, arrecadação de doação de sangue e cestas básicas para ajudar a parcela mais necessitada da população.

Por fim, foi oficializada a grande surpresa da palestra. Devido ao sucesso do Webinar CBF Social, programado originalmente para durar quatro semanas, a iniciativa foi estendida e contará com uma quinta edição. Na próxima quarta-feira (10), o tema da vez será Futebol na Infância e Adolescência.

Fonte: https://www.cbf.com.br/

Últimas Notícias
Principais Assuntos