MRV.gif

Bicampeã e MVP na Liga Americana, Debinha destaca melhor ano na carreira


Debinha craque de bola do Brasil (Foto: Créditos Daniela Porcelli/CBF)

Atacante brasileira foi destaque do North Carolina Courage na conquista do segundo título da NWSL. Na decisão, Debinha foi eleita a melhor jogadora da partida.

Uma temporada e tanto, 2019 está sendo “o ano” na carreira de Debinha. A afirmação é da própria jogadora de 28 anos. Um dos destaques da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da França, a atacante conquistou, no último final de semana, o bicampeonato da Liga Norte-Americana de Futebol (NWSL) com o North Carolina Courage. De quebra, foi eleita a melhor jogadora da decisão, a "MVP", uma abreviação para Most Valuable Player, que em português significa, Jogadora Mais Valiosa.

Na final, Debinha teve uma atuação de gala. Com quatro minutos do primeiro tempo, a atacante marcou o primeiro gol do seu time. O North Carolina Courage venceu o Chicago Red Stars por 4 a 0.

- Fico muito feliz, é a minha terceira temporada nos Estados Unidos e eu vejo a evolução da equipe desde a minha primeira temporada. Eu estou feliz por ter ajudado o time e, pessoalmente, estar evoluindo dentro da Liga. Feliz também de ter ajudado com o gol, é um sentimento muito especial ser MVP e ganhar a Liga - conta Debinha.

Com Pia Sundhage no comando, Debinha tem ganhado destaque com seus gols. Nesta fase é a artilheira da equipe com 4 tentos, feitos determinantes para a boa fase com quatro jogos de invencibilidade.

- Com certeza é a melhor temporada da minha carreira! Fico muito feliz até por sido a minha primeira Copa do Mundo, na última eu não pude estar presente devido a uma lesão. Eu tento dar o meu máximo tanto na minha equipe quanto na Seleção, procurou evoluir muito com as minhas companheiras e com a Pia - ressalta.

Em Chongqing, na China, a atacante se prepara para a disputa do Torneio Internacional da China com a Seleção Feminina. Na quinta-feira (7), o Brasil enfrenta o Canadá, no Chongqing Yongchuan Sports Center Stadium, às 5h (Horário de Brasília).

Para Debinha será um duelo acirrado, assim como foram os últimos confrontos com o Canadá. Nos últimos cinco jogos, foram três vitórias das canadenses contra duas das brasileiras.

- A expectativa é sempre muito boa! Vou enfrentar as minhas companheiras de equipe dos Estados Unidos. São seleções muito boas que participam do Torneio e sempre dão muito trabalho pra gente. Diante do Canadá os últimos jogos que tivemos foram muito acirrados no placar, mas estamos preparadas. Estamos vindo de quatro jogos com bons resultados e tenho certeza que iremos fazer um ótimo papel - destaca.

Bimcampeã e MVP na Liga Americana, Debinha vive grande momento na carreira

(Foto: Créditos divulgação/Twitter @NWSL)

Fonte: https://www.cbf.com.br/

Últimas Notícias
Principais Assuntos