MRV.gif

Jakson Follmann, embaixador da Chapecoense, apresenta Arena Condá

1 Sep 2018

Jakson Follmann, embaixador da Chapecoense (Foto: Divulgação Chapecoense)

 

 

 

Manhã fria e de muita neblina em Chapecó, típica dos dias de inverno no município do oeste catarinense. No interior da Arena Condá, a movimentação intensa dos funcionários pelos setores do estádio demonstra o quanto aquele dia 15 de agosto será importante para a Associação Chapecoense de Futebol. À noite, o clube decide uma vaga para as semifinais da Copa do Brasil contra o Corinthians. Como de praxe, o clima do torcedor nas arquibancadas verde e branca dispensará o uso de agasalhos. É a primeira vez que o Verdão do Oeste disputa essa etapa da competição mais democrática do calendário nacional.

 

 

Quem também comparece cedo à Arena Condá é o ex-goleiro Jakson Follmann. Embaixador da Chapecoense no mundo, Follmann aceitou o convite da CBF TV para mostrar, sob o seu olhar, o “Cantinho da Chape”, como o próprio, carinhosamente, define aquela que é a casa do clube.

 

 

Sobrevivente da tragédia com o voo 2933, que vitimou 71 pessoas e interrompeu a trajetória espetacular do time catarinense na Copa Sul-Americana de 2016, Jakson Follmann conhece muito bem cada área da Arena Condá. Lá, se acostumou a conviver com o ambiente de expectativa gerado em todos os envolvidos horas antes de a bola rolar para o espetáculo.

 

O frio não incomoda em nada o sorridente Follmann. A câmera muito menos. Desenvolto e empolgado com a tarefa, ele faz questão de opinar na escolha do roteiro. Para abrir o tour, o ex-jogador escolhe um lugar especial, sagrado, e até então o único inédito também para ele: o memorial construído em homenagem às vítimas do trágico acidente.

 

O passeio com o guia ilustre segue pelo gramado da arena, passa pelas arquibancadas, a zona mista, a sala de imprensa, a área administrativa, o vestiário, a academia e o departamento médico. No caminho, o encontro com Neto, companheiro de time e também sobrevivente do acidente de 2016. O zagueiro está em fase final de recuperação para voltar aos gramados.

 

A apresentação da Arena Condá termina no corredor de entrada das equipes ao estádio. Nas paredes, a trajetória do “time do inacreditável” é contada através de fotos emocionantes dos eternos ídolos.

 

No dia 15 de agosto de 2018, a Chapecoense perdeu por 1 a 0 para o Corinthians e não conquistou a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. Ainda assim, a Arena Condá e os 12 mil torcedores presentes comungaram de mais uma noite única para a história do clube. Mais uma página escrita em verde e branco e ao som do uníssono e caloroso “Vamos, vamos, Chape!”.

 

A casa da Chapecoense foi um dos primeiros estádios do Brasil a receber a inovadora tecnologia do VAR (árbitro de vídeo), que estreou oficialmente no país nas quartas de final da Copa do Brasil.

 

Tour na Arena Condá com Jakson Follmann, embaixador da Chapecoense

 

 

Fonte: https://www.cbf.com.br/

Assunto:

Please reload

BANNER20.png
Últimas Notícias
Please reload

Principais Assuntos
Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Black Facebook Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon