MRV.gif

Dentil/Praia Clube vence o Camponesa/Minas e permanece invicto, sem perder nenhum set

15 Nov 2017

Camponesa/Minas 0x3 Dentil/Praia Clube (Foto: Divulgação CBV)

 

 

Em reedição da final do Campeonato Mineiro, o Camponesa/Minas voltou a receber o Dentil/Praia Clube na noite desta terça-feira (14). Desta vez, porém, o placar foi devolvido pela equipe de Uberlândia ao vencer  em sets diretos (21/25, 22/25 e 23/25) o time de Belo Horizonte. Esta foi a sétima vitória do Praia, que ainda não perdeu nenhum set na Superliga 2017/2018. A ponteira Amanda, com 16 pontos, foi escolhida pelo público para ficar com o troféu Viva Vôlei.

 

O jogo

 

Apesar de começar a primeira parcial errando mais, o Praia Clube soube aproveitar melhor as jogadas e fez 5 a 8 com o ataque de Fê Garay. O mesmo aconteceu no decorrer do jogo, obrigando o técnico do Minas a pedir tempo quando o placar apontou 13 a 17. Hooker entrou em quadra e fez o seu primeiro ponto na Superliga (15 a 19) para o delírio da torcida. O Praia seguiu em vantagem, mas viu o Minas encostar (20 a 23), quanto Paulo Cocco solicitou tempo. A diferença caiu para 2 pontos com Fawcett bloqueada. Garay conseguiu o set point e fechou o set (21 a 25).

 

A segunda parcial começou com as mineiras na frente (5 a 4) e 8 a 6 com um bloqueio da central Mara. Com Amanda bem no ataque, o Praia se aproximou (11 a 9), mas Pri Daroit atacou para manter a vantagem em 3 pontos. Claudinha errou uma bola de segunda e Paulo Cocco pediu tempo (13 a 9). Com um ataque de Fabiana e outro de Walewska, o Praia encostou  (14 a 12). Garay marcou mais um e o Minas pediu tempo para tentar se achar em quadra (14 a 13). Em um erro de Hooker, o empate. Em um erro, o Praia virou o placar (16 a 15) e seguiu com Garay marcando novamente. Carol Gattaz, que volta de lesão, entrou no sacrifício, mas o Praia seguiu melhor. Em grande rally, Fawcett fez 16 a 19. O Minas encostou com Mara (18 a 20)  e 19 a 20 pelas mãos de Pri Daroit. Wal desafogou em uma jogada rápida com Claudinha (19 a 21). Com Karol Tormena, a parcial empatou em 21 a 21 e o Minas retomou a liderança novamente com Mara. Daroit errou um ataque e o placar virou novamente. Fawcett, em ótimo saque, conseguiu o set point e o 22 a 25 veio com um bloqueio de Claudinha.

 

Como nas parciais anteriores, o terceiro set começou muito equilibrado. Fabiana passou a ser mais acionada (4 a 4). Com um erro de Rosamaria e um ace de Amanda, o Praia abriu (4 a 6). Wal marcou dois pontos seguidos (6 a 9), mas Rosamaria bloqueou Garay. Depois de outro grande rally, Amanda largou uma bola no meio da quadra do Minas (7 a 10). Gattaz novamente em quadra marcou (9 a 11). A capitã errou um ataque e o placar foi para 9 a 13, quando Karine e Hooker entraram na inversão 5 a 1. Em jogada combinada, Hooker atacou sem bloqueio (11 a 13), com Paulo Cocco solicitando tempo na sequência. Rosamaria reapareceu na partida e empatou (15 a 15), mas Wal pontuou e Fawcett deixou o Praia com 2 pontos. A estrangeira ainda virou mais três bolas (16 a 20). Amanda aproximou seu time da vitória (18 a 22). O Praia conseguiu match point e o Minas encostou, mas Wal fechou a partida por 23 a 25.

 

Escalação inicial

 

Camponesa/Minas: Macris, Karol Tormena, Pri Daroit e Rosamaria, Mara e Mayany e a líbero Léia. Técnico: Paulo Coco

 

Dentil/Praia Clube: Claudinha, Nicole Fawcett, Fê Garay e Amanda, Fabiana e Walewska e a líbero Suelen. Técnico: Stefano Lavarin

 

O Dentil/Praia Clube continua na liderança isolada da competição, com 21 pontos e sete vitórias (Foto: Créditos Orlando Bento/MTC)

 

Fonte: http://www.melhordovolei.com.br/

Please reload

BANNER20.png
Últimas Notícias
Please reload

Principais Assuntos
Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Black Facebook Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon