MRV.gif

URT presta homenagem ao goleiro Follmann, ídolo e capitão do time do ano passado


(Foto e colaboração: Márcia Melo, site Esportes Mais)

Dentre os seis sobreviventes no trágico acidente com o avião da Lamia, em que morreram setenta e uma pessoas, estava um jovem com carreira promissora, Jakson Follmann, o reserva imediato do goleiro Danilo no time da Chapecoense.

No ano de 2016, que ficará marcado na história da URT, pois o time chegou as semifinais do campeonato Mineiro, sagrando-se campeã do interior, com uma equipe muito acertada dentro de campo, Follmann era um dos destaques. Ele era o capitão daquele time, o líder do elenco e com apenas vinte e três anos, em uma equipe com peças mais experientes, mostrou personalidade ao assumir a faixa.

Após sua passagem por Patos de Minas, Follmann foi contratado pela Chapecoense, como reserva de Danilo, porém com a boa campanha do time de Chapecó, esperava-se uma negociação envolvendo Danilo e Follmann assumiria assim, a titularidade. Infelizmente isso não aconteceu e tudo foi ceifado na data de 29/11/2016, em um acidente na cidade de La Ceja, na Colômbia.

Follmann, um dos sobreviventes do acidente, foi homenageado na partida de abertura do campeonato Mineiro, na cidade de Patos de Minas, na vitória da URT por um a zero em cima da Caldense. No intervalo da partida, uma grande bandeira com a imagem do goleiro foi levada ao gramado, trazendo grande comoção aos presentes ao estádio, que aos gritos de "Follmann, Follmann e Vamo vamo Chape" prestaram um bonita homenagem ao ídolo da camisa número 1, do ano de 2016.

Tags:

Últimas Notícias
Principais Assuntos